Development of an Integrated Exposure – Dose Management Tool for Reduction of Particulate Matter in Air

Apesar de nos últimos anos se ter registado uma melhoria na qualidade do ar que respiramos, mais de 85%  da população urbana continua a estar exposta a concentrações de partículas finas (PM2.5) no ar ambiente acima das diretrizes definidas pela Organização Mundial de Saúde. Segundo o mais recente relatório da Agência Europeia de Ambiente sobre a Qualidade do Ar na Europa (Air Quality in Europe – 2016 report), estima-se que em 2013 ocorreram 436.000 mortes prematuras na EU-28 devido à exposição a PM2.5.

As estratégias de controlo da qualidade do ar têm sido orientadas essencialmente para a diminuição das concentrações de poluentes no ar ambiente. No entanto, nos últimos anos, vários estudos têm demostrado que as concentrações de poluentes medidas nas estações fixas de qualidade do ar existentes nas cidades não refletem a exposição da sua população a esses mesmos poluentes. A razão para esta disparidade prende-se com o facto das pessoas gastarem entre 90 a 95% do seu tempo em ambientes interiores. Consequentemente, a sua exposição diária a poluentes do ar, como as partículas, é essencialmente influenciada pela qualidade do ar interior dos diferentes micro-ambientes que frequentam durante o dia. O conhecimento da exposição diária integrada da população a poluentes do ar é assim determinante, para o cálculo da dose de poluentes inalada, para a determinação dos efeitos na saúde e para a definição de planos de ação focados no bem-estar da população.

A ferramenta de apoio à decisão LIFE Index-Air foca a deterioração da saúde e do bem-estar dos cidadãos da União Europeia associada à exposição a partículas e permitirá a avaliação da redução dos efeitos na saúde associada a diferentes planos de ação.

Acrónimo: 
LIFE Index-AIr
Código: 
LIFE15 ENV/PT/000674
Estado do projeto: 
Em execução
Resultados esperados e atingidos: 
1) Desenvolvimento e implementação de uma ferramenta de apoio à decisão para a identificação de medidas de melhoria da qualidade do ar; 2) Criação de uma base de dados de concentrações de PM2,5 e PM10 (e constituintes químicos) medidas em ambientes interiores e exteriores de cidades europeias; 3) Desenvolvimento de um sistema de avaliação da exposição e de uma plataforma operacional para o cálculo da dose de partículas a incorporar na ferramenta LIFE Index-Air; 4) Identificação dos efeitos na saúde associados à exposição a partículas; 5) Determinação da contribuição das fontes de emissão para a exposição humana a partículas e avaliação de estratégias de controlo capazes de promover a melhoria da saúde e bem-estar da população urbana europeia; 6) Informações científicas sólidas, para apoiar as autoridades na implementação da "Estratégia Temática sobre a Poluição Atmosférica" e formular planos de ação para a qualidade do ar.
Interação com Projeto Capacitação: 
Capacitação e disseminação
Legislação-alvo/Política-alvo UE: 
Diretiva 2008/50/CE de 21 de Maio de 2008 relativa à qualidade do ar ambiente e a um ar mais limpo na Europa
Pessoa de contacto: 
Marta Almeida
Telefone: 
219946124
Correio eletrónico: 
Palavras-chave: 
air pollution / air quality monitoring / human exposure to pollutants / urban area /
Nacional: 
Ano de financiamento: 
2015