Qual o número aconselhado de beneficiários associados?

Não há um número pré-definido para beneficiários associados de um projeto, uma vez que uma proposta submetida só pelo beneficiário coordenador é elegível. O beneficiário coordenador deve associar à proposta outros beneficiários, que tragam mais-valia ao projeto quer no que diz respeito à consistência, ou ao carácter de demonstração, ao valor acrescentado europeu ou ao seu impacte ou transferibilidade dos resultados.
Para beneficiários privados, é aceite que entidades “affiliated entities to a beneficiary” participem num projeto, desde que sejam cumpridas as condições estabelecidas no “Grant Agreement” e no seu Anexo X (Financial and Administrative Guidelines). Contudo, deve ser tido em atenção que a associação de entidades afiliadas pode complicar a estrutura do projeto e ter um impacte negativo na coerência técnica e financeira do projeto.
Para mais detalhes, consultar o capítulo apropriado em cada um dos guias de candidatura.